• Deputado Galo

APROVADO PROJETO QUE IRÁ AUXILIAR PARTURIENTES SURDAS


Foi aprovado na manhã desta quarta-feira (16) em segunda votação na Assembleia Legislativa, o projeto de lei de autoria do deputado Galo – PODEMOS, que vai garantir às gestantes surdas, a comunicação com a equipe de médicos e enfermeiros, através da presença de um intérprete de LIBRAS, a Língua Brasileira de Sinais, com acompanhamento nos períodos de pré-parto, durante o parto e também na rede pública conforme prevê o texto.


A justificativa do projeto, cita o que já consta na lei estadual 415/2020 sobre violência obstétrica, que as gestantes e parturientes tenham uma atenção humanizada durante a gestação, durante o parto e no período pós-parto, além de destacar o artigo do Estatuto da Pessoa com Deficiência, que trata de acessibilidade, “prevendo serviços de atendimento para pessoas com deficiência auditiva ou de fala”. O projeto que irá ajudar muitas mulheres nessa condição foi aprovado por unanimidade em segundo turno e agora será enviado para sanção do governador Ratinho Júnior.


O deputado Galo reitera que “ esse projeto é um marco, pois a pessoa que têm essa deficiência sofre muito na hora do parto passa as vezes até por situações humilhantes, problemas psicológicos as acompanham por toda a vida, sem contar o grande stress que passam na hora do parto, por não saberem exatamente o que está acontecendo com elas. Com essa proposta, com a presença de uma intérprete de LIBRAS conversando com os médicos e enfermeiros durante todo o parto e repassado à parturiente todas as informações com certeza a parturiente terá, não só o cuidado necessário mas também o carinho para um parto tranquilo”.


Antônio Carlos Ribas

DRT - 0011938 PR

0 visualização0 comentário