• Deputado Galo

Empresa Portos do Paraná tem programas permanentes de cuidado com a água

No Dia Mundial da Água, empresa pública destaca programas para preservação desse recurso natural. Mantém mais de 20 programas ambientais ativos. Cinco são de monitoramento do ecossistema aquático.


Foto: Divulgação

No Dia Mundial da Água, comemorado nesta segunda-feira (22), a Portos do Paraná reforça a importância dos cuidados com o recurso. A empresa pública desenvolve uma série de programas para preservação da água do mar e das baías de Paranaguá e Antonina.


“A atividade portuária está diretamente ligada à água. Nossos mares e oceanos são muito mais que vias de navegação. São fonte de alimento, renda e vida”, destaca o diretor de Meio Ambiente da Portos do Paraná, João Paulo Santana


A empresa pública mantém mais de 20 programas ambientais ativos. Cinco deles são de monitoramento do ecossistema aquático. A qualidade da água é monitorada em 32 pontos, tem superfície, meio e fundo da coluna d’água. As análises acontecem no complexo estuarino de Paranaguá e no mar aberto, além da Ilha do Mel.


Os sedimentos do leito marinho são analisados trimestralmente, em 23 pontos de monitoramento. Ao todo, são 38 parâmetros verificados, em cada uma das amostras recolhidas.


Outro indicador da qualidade ambiental neste meio é a biota aquática. O monitoramento realizado pela autoridade portuária já identificou mais de 100 espécies de peixes, 60 espécies de crustáceos e centenas de microrganismos planctônicos e bentônicos. Também é feito o monitoramento de botos e de aves marítimas.


Nos programas de controle ambiental, a autoridade portuária realiza o gerenciamento de efluentes. Para isso, monitora os resíduos líquidos e águas pluviais em seis pontos do porto organizado de Paranaguá, além de fazer a destinação dos mesmos à empresa municipal de saneamento.


ÁGUA DE LASTRO – A Portos do Paraná verifica, ainda, o adequado gerenciamento da água de lastro. A troca da água internacional, usada nos tanques dos navios para navegação, é uma exigência da Marinha do Brasil e a autoridade portuária é responsável pela coleta e análise da salinidade. A medida tem o objetivo de evitar bioinvasão por espécies marinhas vindas de outros países.


Desde janeiro de 2016, foram mais de 5.500 verificações in loco, além da conscientização de tripulantes.


COMUNIDADES – A Portos do Paraná também apoia a gestão de abastecimento de água nas comunidades ilhadas das baías de Paranaguá e Antonina, que estão na área de influência do porto.


A ação acontece em parceria com a Prefeitura de Paranaguá, representada pela Secretaria de Agricultura e Pesca, e pela Central de Água, Esgoto e Serviços Concedidos do Litoral do Paraná (Cagepar).


“É um projeto de proteção de nascentes, modelo Caxambu. Mapeamos toda rede dessas localidades, desde a captação até as últimas casas que são atendidas, e realizamos projetos de readequação dos microssistemas de abastecimento, em locais como a comunidade de Europinha, Eufrasina, Ilha do Teixeira e Piaçaguera”, explica Santana.


Recentemente foi entregue uma caixa d’água de 500 mil litros para os moradores de Eufrasina. Nas outras comunidades o projeto está em fase de conscientização e capacitações.


EDUCAÇÃO AMBIENTAL – A Portos do Paraná promove constantemente campanha de comunicação social, com foco no cuidado e na economia da água. “Inclusive, trouxemos para a campanha o problema da escassez hídrica que o Estado atravessa”, salienta o diretor. Junto aos funcionários e trabalhadores portuários, a empresa pública inicia nessa segunda-feira (22) uma campanha para redução no consumo.


Fonte: AEN

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=111395&tit=Empresa-Portos-do-Parana-tem-programas-permanentes-de-cuidado-com-a-agua


0 visualização0 comentário