• Deputado Galo

Equipes removem 40 toneladas de lixo às margens do Ribeirão dos Padilhas


Foto: Divulgação

Equipes da Prefeitura fizeram a remoção de cerca de 40 toneladas de entulho que foram descartadas às margens do Ribeirão dos Padilhas, na Regional Bairro Novo. O trabalho envolveu servidores da Secretaria do Meio Ambiente, Guarda Municipal, Fundação de Ação Social (FAS) e da administração regional. De acordo com James Maurício Schade, coordenador técnico da Regional Bairro Novo, os trabalhos se concentraram em vários pontos do rio e locais próximos em que o lixo estava espalhado.

“Na Rua Dr. Lauro Gentio Portugal Tavares esquina com a Lupionópolis, tiramos dois caminhões de lixo”, disse o coordenador.


Rio entupido, região alagada

Além de dispensar lixo e objetos em local inadequado, o mais grave é que este descarte foi feito às margens do Ribeirão dos Padilhas. Quando este lixo vai parar no leito do rio, o resultado é alagamento da região em período de chuva, como o que estamos vivendo agora. A Prefeitura está realizando obras de grande porte no Ribeirão dos Padilhas, justamente para prevenir as enchentes. O rio percorre os bairros Xaxim, Alto Boqueirão, Pinheirinho, Sítio Cercado, Bairro Novo e Ganchinho até desaguar no Rio Iguaçu.


Obra e cuidado com os rios


Duas das quatro bacias de contenção que estão sendo implantadas na Bacia do Ribeirão dos Padilhas foram concluídas e entregues, em janeiro deste ano, pelo prefeito Rafael Greca. “As estruturas seguram a água para liberá-la aos poucos. Essa é uma obra de macrodrenagem, que protege a vida e o patrimônio das famílias”, explicou Greca.

Para o prefeito, a população deve ajudar a cuidar dos rios porque isso implica na sua própria segurança.

“De nada adianta este esforço que a Prefeitura está fazendo se a população não colaborar, deixando de jogar lixo no rio e denunciando através do 156 quem está sabotando a cidade”, cobrou o prefeito.

Orientação aos moradores

As equipes também encontram bastante lixo na Rua Coronel Joaquim Antônio de Azevedo, no Sítio Cercado. Além de recolher o lixo das margens do Ribeirão dos Padilhas e fazer a limpeza dos locais, as equipes da Prefeitura fizeram um trabalho de orientação dos moradores para que ajudem a cuidar do rio. As equipes da FAS também conversaram com os moradores de rua da região, pedindo para que evitem de dispensar objetos no local.


Ecoponto no Sítio Cercado

Além de manter a coleta de lixo orgânico e reciclável em toda a cidade, a Prefeitura também está instalando Ecopontos, mais uma opção para a população fazer o descarte correto de materiais. Na Regional Bairro Novo, a Prefeitura instalou o Ecoponto Guaçuí, que fica na Rua Guaçuí esquina com a Travessa Eli Volpato, no Sítio Cercado. Os Ecopontos permitem o descarte correto de restos de construção civil, madeira, poda e limpeza de jardins, mobiliário e eletroeletrônicos inservíveis. Cada pessoa pode levar ao Ecoponto até um metro cúbico por dia de restos de construção, madeira ou poda. Móveis velhos e utensílios domésticos inservíveis de grande porte, materiais recicláveis, aparelhos eletroeletrônicos e óleo de cozinha pós-consumo também são recebidos.


Um caminhão da Secretaria Municipal do Meio Ambiente faz o recolhimento, encaminhando cada tipo de material para a destinação correta.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/equipes-removem-40-toneladas-de-lixo-as-margens-do-ribeirao-dos-padilhas/57831

0 visualização0 comentário