• Deputado Galo

Governador enaltece papel do setor supermercadista na geração de empregos

Ratinho Junior participou na abertura da Mecosuper. No Paraná há 4.800 lojas do setor em todo o Estado, que atendem anualmente 600 milhões de clientes e geram cerca de 240 mil empregos diretos e indiretos.


Governador Carlos Massa Ratinho Junior participa da abertura do Mercosuper 2022 - Curitiba, 05/04/2022 Foto: Gilson Abreu/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou a participação do setor supermercadista na geração de empregos do Paraná, que vive um bom momento no mercado de trabalho, com 172 mil vagas abertas em 2021. Ele participou nesta terça-feira (5), em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, da abertura da 39ª Feira e Convenção Paranaense de Supermercados (Mercosuper).


Além do melhor resultado em 18 anos na abertura de novas vagas, o Estado já soma 47,8 mil postos criados nos dois primeiros meses de 2022. “O papel do governo, junto com o setor produtivo, é tornar o Paraná um ambiente saudável para os negócios, criando oportunidades para a geração de empregos e atração de investimentos”, disse o governador.


“Podemos medir o sucesso dessa estratégia lá na ponta, no desempenho dos setores atacadista, varejista e de supermercados, que estão entre os principais responsáveis pela abertura de novos postos de trabalho no Estado”, afirmou. “Além de gerar um grande número de empregos diretos e indiretos, os supermercados também fomentam a indústria, principalmente os produtos da agroindústria, área em que o Paraná tem bastante destaque”.


O Paraná responde por 10% do faturamento do setor supermercadista brasileiro, com R$ 53 bilhões faturados em 2020, de acordo com a Apras. São 4.800 lojas em todo o Estado, que geram 600 milhões de atendimentos/ano e cerca de 240 mil empregos diretos e indiretos.


MERCOSUPER – Esta é a primeira edição da Mercosuper após a pandemia, que retorna 50% maior que a anterior, realizada em 2019. A previsão é concretizar R$ 600 milhões em negócios durante os três dias de evento.


A feira é promovida pela Associação Paranaense de Supermercados (Apras) e conta com cerca de 300 marcas em exposição, além de novos espaços segmentados: Espaço Paraná Cooperativo, Espaço Ceasa e Espaço Orgânico.


O intuito, explicou o presidente da Apras, Carlos Beal, é promover a aproximação desses setores com o varejo do Estado. “O principal objetivo é prospectar novos negócios. Há muitos produtores familiares e pequenas cooperativas no anonimato, que ao vir a uma feira desse porte se tornam vistos. Tenho certeza que muitos negócios serão fechados por pequenos produtores”, salientou.


O Espaço Paraná Cooperativo tem 2,6 mil metros quadrados e conta com os estandes de cooperativas que atuam no varejo, além de um estande institucional do Sistema Ocepar, com a presença de nove pequenas cooperativas, que produzem mel e hortigranjeiros e recebem o apoio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Emater-Iapar (IDR-Paraná).


A cooperativa Cooapmel, de Mato Rico, na região Central do Estado, é uma das expositoras. Fundada em 2019, conta com 35 apicultores e agora trabalha para conseguir a certificação orgânica dos produtos comercializados.


“É uma excelente oportunidade de divulgarmos o nosso trabalho e correr atrás de vendas. Nosso município é distante a trabalhar com a agricultura familiar é um pouco mais difícil, por isso estar aqui é uma grande oportunidade para nós”, contou a cooperada Joana Paula.


Os visitantes do espaço também podem experimentar o Café das Mulheres, produção do Norte Pioneiro que também conta com o acompanhamento da extensão rural do IDR- Paraná.


CEASA – Já o espaço da Ceasa do Paraná na feira ocupa uma área de 200 metros quadrados e tem o objetivo de estreitar o relacionamento com os supermercadistas paranaenses. Hoje, 85% das frutas, verduras e legumes comercializados ou consumidos no Paraná passam por alguma central de abastecimento da Ceasa.


Além disso, também tem destaque no local o Banco de Alimentos Comida Boa, que arrecada alimentos entre os permissionários e faz a doação a entidades e a famílias em situação de insegurança alimentar. Com o projeto, os produtos hortigranjeiros são selecionados, processados e congelados, para depois serem enviados a famílias necessitadas.


ORGÂNICOS – Com o objetivo de fortalecer os produtos orgânicos no varejo paranaense, a Mercosuper tem um espaço de 120 metros quadrados, com 10 empresas do segmento. O Paraná e o Rio Grande do Sul são os estados brasileiros com o maior número de produtores orgânicos, representando 30% do mercado em todo o País.


PRESENÇAS – Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; os presidentes da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Galassi, e da Ocepar, Luiz Roberto Ricken; o superintendente do Sebrae/PR, Vítor Tioqueta; o deputado federal Luiz Goulart; e a prefeita de Pinhais, Rosa Maria.


Fonte: AEN

https://www.aen.pr.gov.br/Noticia/Governador-enaltece-papel-do-setor-supermercadista-na-geracao-de-empregos

0 visualização0 comentário