• Deputado Galo

Guarda municipal que atirou em confusão no Largo da Ordem pode responder por homicídio doloso


Foto: Pedro Ribas -SMCS

As imagens de câmeras de segurança, que registraram a confusão no Largo da Ordem, no último sábado (11), que terminou com a morte de um jovem, de 22 anos, após a ação da Guarda Municipal, vão auxiliar a Polícia Civil do Paraná nas investigações. O material foi entregue pela Prefeitura de Curitiba, que administra os equipamentos.


De acordo com a delegada Daniela Corrêa Andrade, responsável pelo caso, esse é o único material em vídeo que a polícia conseguiu até o momento.


O guarda municipal foi afastado das funções após a ocorrência. Ele alegou em depoimento que trocou a munição do armamento para uma menos letal, antes de atirar contra as pessoas envolvidas na confusão. A delegada disse que só será possível confirmar qual o modelo da munição que atingiu a vítima por meio de perícia, que está em andamento.


Daniela Côrrea Andrade conta que nas imagens também não é possível verificar se houve o arremesso de garrafas pela população, como relatou o Guarda Municipal no boletim de ocorrência.


Como já se sabe quem foi o autor dos disparos, a delegada explica que agora as investigações caminham para definir por qual crime o guarda municipal irá responder.


Além do jovem que perdeu a vida, outras duas pessoas ficaram feridas: uma adolescente, de 14 anos, e uma mulher, de 31 anos.


Fonte: CBN Curitiba

https://cbncuritiba.com/guarda-municipal-largo-da-orgem-homicidio/


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo