• Deputado Galo

Mandatos de diretores das escolas municipais é prorrogado até dezembro de 2022


Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Após ouvir argumentos favoráveis e contrários à uma nova prorrogação do mandato dos diretores e vice-diretores das escolas municipais de Curitiba, o plenário da Câmara Municipal decidiu – com 24 votos “sim”, 6 “não” e 2 abstenções – aprovar o projeto de lei de iniciativa da Comissão de Educação, Cultura e Turismo. A matéria tramita em regime de urgência desde o dia 31 de agosto e mobilizou, nesta segunda-feira (13), a participação de 11 vereadores e da própria Secretaria Municipal de Educação (CMC) no debate.


Segundo a presidente do colegiado de Educação, Amália Tortato (Novo), a proposta para que os mandatos sejam prorrogados até dezembro de 2022 foi protocolada após a audiência pública realizada pela própria comissão, em agosto, com representantes da comunidade escolar e da Prefeitura de Curitiba.


A matéria altera lei municipal 15.683/2020, de Tico Kuzma (Pros) e Pier Petruzziello (PTB), que havia prorrogado até 31 de dezembro de 2021 o mandato dos atuais diretores e vices. O novo prazo estabelecido se baseia na pandemia da covid-19 e no modelo híbrido das atividades escolares, que só foi adotado na rede municipal de educação neste semestre.


Conforme Amália Tortato, o momento exige que todos os esforços das escolas municipais estejam voltados à “volta às aulas, para que seja seguro, para que as crianças tenham acolhimento, para que todas as adaptações sejam feitas de maneira segura e tranquila para que as crianças possam permanecer nas escolas”. A vereadora ainda reforçou que se o projeto não fosse aprovado, 85% das escolas receberiam novos diretores e vices em 2022, “no meio de toda essa confusão do retorno das aulas presenciais, para que elas aconteçam de forma tranquila”.


A presidente da Comissão de Educação ainda garantiu que o colegiado teve o cuidado de inserir, no projeto de lei, a exigência para que os gestores apresentem novo relatório atualizado sobre a situação das escolas, acompanhado da proposta de trabalho para o período da nova prorrogação.


O que diz a SME Antes do início da discussão em plenário, a superintendente de Gestão Educacional da Secretaria Municipal de Educação (SME), Andressa Duarte Pereira, falou ao plenário, declarando o posicionamento favorável da pasta à matéria. Ela disse que durante a pandemia, todo o esforço da prefeitura é para garantir o direito à educação, com o ensino remoto aos estudantes, em 2020 e começo de 2021, e agora, com a adoção do modelo híbrido.


Ano passado, o pedido de prorrogação dos mandatos foi feito pelos diretores e esse ano, foi novamente solicitado, ao informar que um levantamento da SME com 287 gestores das escolas apontou que 94% é favorável à postergação das eleições para o final de 2022.


Fonte: CBN Curitiba

https://cbncuritiba.com/mandatos-de-diretores-das-escolas-municipais-e-prorrogado-ate-dezembro-de-2022/

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo