• Deputado Galo

Moradores do Tatuquara se mobilizam e pedem quatro novos equipamentos públicos


Fala Curitiba, mobilização e organização para a escolha das prioridades na Regional Tauquara. Curitiba, 31/09/2021. Foto: Levy Ferreira/SMCS

Com participação recorde da população nas dez regionais da cidade no Fala Curitiba 2021, moradores encontraram na consulta uma forma de conseguir melhorias importantes para a comunidade.


No Tatuquara, a regional mais jovem de Curitiba, os moradores se uniram para votar de acordo com o que eles consideram importante para a região. Dentre os pedidos para inclusão na Lei Orçamentária Anual (LOA), para execução em 2022, quatro são para novos equipamentos públicos. O orçamento da cidade ainda deve ser aprovado pela Câmara Municipal de Curitiba.


A construção de um Restaurante Popular está no topo da lista, foi o segundo pedido com o maior número de votos. Na sequência vêm uma escola, um CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) e uma nova unidade de saúde.


Também foram eleitas a revitalização de espaços comuns, o fortalecimento da segurança pública, melhorias na área de esporte e lazer, saúde, meio ambiente e obras públicas. Veja a lista completa abaixo.

“Ainda faltam alguns equipamentos públicos aqui, por ser uma região mais nova. O Tatuquara hoje é a regional com maior possibilidade de expansão, e já está se expandindo: temos o projeto Bairro Novo da Caximba, a construção do Parque Pinhal do Santana, que vai atender a nossa população e girar a microeconomia. E agora, com o engajamento da população, a regional vai ganhar novos equipamentos e atender melhor nossos 125 mil habitantes”, avalia o administrador regional do Tatuquara e arquiteto e urbanista, Marcelo Ferraz.

Sensível e provocativa

Durante a votação, a Administração Regional do Tatuquara contou com o apoio de associações de moradores, comerciantes, síndicos e lideranças comunitárias. Ao todo, foram coletados 3.248 votos válidos, 2.486 a mais que em 2020.


Neste ano, havia a possibilidade de votar pela internet e pelo WhatsApp, mas o uso de fichas de papel teve grande adesão da população, o que revela a força do trabalho das lideranças comunitárias, que foram atrás e conversaram diretamente com a população.


No Tatuquara, o movimento de moradores foi espontâneo e legítimo. Foram consultadas 25 lideranças comunitárias que fizeram a ponte entre administração e cidadão, e levantaram as pautas de interesse de cada grupo.


“As lideranças apontaram situações e mobilizaram grupos para votar em melhorias específicas. Eles levantavam a ideia. Mas as pessoas votavam nessas melhorias porque também vivem a mesma realidade. É um processo natural”, ressalta Gabriel Rodrigues Gonçalves, integrante da equipe da Regional Tatuquara envolvida no Fala Curitiba.


Para Marcelo Ferraz, o engajamento dos moradores faz toda a diferença no desenvolvimento da Regional: “A população costuma ser muito sensível às mudanças. Se surge uma nova unidade de saúde, os moradores vão usar. E se não surgir, os moradores precisam ser provocativos e dialogar com a Prefeitura da maneira correta, para que sejam ouvidos. E é aí que entra o Fala Curitiba, é a forma mais evidente de gestão democrática, de a população participar da construção da cidade”, diz Ferraz.


Manobra social

Foi através do Fala Curitiba que Lucas Muller e Vitor dos Reis Soares, skatistas que utilizam a pista da Praça Soldado Wagner, conquistaram a revitalização das rampas e de toda a praça.

“A reforma é um sonho do pessoal há muitos anos, porque a pista já está bem danificada e são vários skatistas que usam o espaço. Nós cansamos de esperar sentados e decidimos correr atrás, então ficamos sabendo do Fala Curitiba e vimos que era uma forma de exigirmos a demanda. Hoje, já conquistamos a troca da iluminação na praça, e ano que vem, todo o ambiente vai ser revitalizado. Contar com um lugar seguro e bem cuidado é muito importante para a gente, é uma forma de realizarmos manobras sociais”, relatou Lucas, que destaca o papel social do skate na vida de muitos jovens.

Das dez prioridades eleitas no Tatuquara, duas são fruto da mobilização dos skatistas, que conquistaram 12,5% de todos os votos da regional com pedidos relativos à Praça Soldado Wagner. Um deles já foi atendido com a revitalização da iluminação do espaço que tem academia ao ar livre, parquinho, módulo da Guarda Municipal, quadras de futebol de areia, basquete e vôlei, além do Centro de Esporte e Lazer Santa Rita. O outro, que teve o maior número de votos entre os dez escolhidos, é para a revitalização da Praça em 2022.


“Todos nós abraçamos a causa, e juntos percorremos 55 quilômetros em três dias. Fomos em todas as pistas de skate de Curitiba, conversamos com o pessoal e explicamos a nossa luta. Divulgamos pelo Instagram e WhatsApp para quem quisesse apoiar, e a comunidade do skate é muito unida, eles davam a maior força. Conseguimos até apoiadores nas cidades metropolitanas, todos eram bem-vindos”, contou Vitor dos Reis.


A Regional Tatuquara é um território metropolitano pela proximidade com municípios como Araucária e Fazenda Rio Grande.


Prioridades eleitas pela Regional Tatuquara no Fala Curitiba

1 – Revitalização da Praça Soldado Wagner;

2 – Implantação de um Restaurante Popular;

3 – Implantação de uma escola;

4 – Câmeras de segurança em parques e praças da região;

5 – Aumentar o efetivo da guarda municipal;

6 – Nova unidade de CMEI;

7 – Melhoria no atendimento da saúde;

8 - Mais unidades de saúde;

9 – Revitalização da iluminação da Praça Soldado Wagner;

10 – Mais projetos de esporte e parceria com ONGs para uso dos equipamentos.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/moradores-do-tatuquara-se-mobilizam-e-pedem-quatro-novos-equipamentos-publicos/60664

0 visualização0 comentário