• Deputado Galo

OAB-PR TAMBÉM VAI DISCUTIR A VIOLÊNCIA EM JOGOS DE FUTEBOL



Os recentes e recorrentes casos de violência que estão sendo registrados nos estádios do futebol paranaense nas últimas semanas, especialmente em Curitiba, e que levaram o deputado Galo a ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar dos órgãos competentes da segurança pública providências urgentes para apurar os casos, investigar e punir exemplarmente os envolvidos nas situações que viraram notícia na imprensa do mundo todo, agora serãoanalisados e debatidos também pela Ordem dos Advogados do Brasil- seção PR.


Neste dia 29 próximo, ás 14 horas, uma audiência pública sobre a violência no futebol, idealizado por vários segmentos da OAB, vai debater o momento crítico da violência entre as torcidas, não só no Paraná mas em todo o país, buscando ideias e caminhos efetivos para achar uma solução, contando com a participação dos principais órgãos de segurança do Estado, representantes das próprias torcidas organizadas, Federação Paranaense de Futebol, CBF e o Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná.


Segundo o presidente da Comissão de Direito Desportivo da OAB-PR, Eduardo Vargas Neto, a violência e selvageria vistas nos arredores dos estádios são inadmissíveis e não podem ser combatidas com medidas paliativas e penas brandas.


Em um curto período de menos de um mês, foram diversos casos de brigas dentro e fora do campo, bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, crianças chorando sendo levadas para o fosso do Couto Pereira homens e mulheres com os olhos lacrimejando e o rosto vermelho pelo efeito dessas bombas atiradas contra vândalos, verdadeiros bandidos travestidos de torcedores, isso sem contar as agressões e brigas violentas registradas em diversos locais de Curitiba e Região Metropolitana.


A morte de um torcedor do Palmeiras e outro que perdeu a visão de um olho, foram destaque na imprensa do Brasil e do mundo, e agora este interesse da OAB em debater a questão é, na opinião do deputado galo fundamental para tentar se chegar a uma solução na tentativa de melhorar o quadro atual.


Antônio Carlos Ribas

DRT - 0011938 PR

 

 

9 visualizações0 comentário