• Deputado Galo

Obras complicam o trânsito na Visconde de Guarapuava; saiba quando devem acabar

A Prefeitura também divulgou os caminhos que desviam da obra


Foto: Colaboração/Marcos Siqueira

Os motoristas que passam diariamente pela Avenida Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba, estão tendo que encarar o congestionamento que se instala em vários horários do dia. O motivo do trânsito caótico, segundo eles, são as obras de recuperação do asfalto da via, que tiveram início no dia 10 de fevereiro. A previsão para concluir é até o final de março e o trecho mais prejudicado está na região do cruzamento com a Rua Tibagi.


O taxista Marcos Siqueira enviou uma foto à Banda B mostrando como estava o trânsito, nesta quarta-feira (19), por volta das 12 horas. “Está muito difícil. Além de já passar muitos carros pela avenida, agora ficamos muito tempo para conseguir passar por ela. A situação está complicada. Acontece o dia todo”, relatou.


A avenida é uma das principais artérias de trânsito na capital e a melhoria do asfalto faz parte da nova fase do plano de recuperação da malha viária da cidade.


A Prefeitura enviou uma nota explicando que as obras estão sendo realizadas, inicialmente, nas duas faixas da direita, deixando as outras quatro faixas (dos dois lados do canteiro) liberadas para o trânsito.


A Superintendência de Trânsito organizou um esquema especial para orientar os motoristas. A principal dica é buscar caminhos alternativos. Agentes da Setran estão na área orientando o trânsito.


Os aplicativos Waze e Google Maps também já mostrarão caminhos alternativos.


Carnaval

As obras não vão parar durante o feriado de Carnaval, que será no sábado (22) (até às 17 horas), segunda (24) e quarta (26).


Caminhos alternativos

Confira os caminhos para desviar da obra:

Os motoristas que trafegam nas vias cujo tráfego se destina principalmente à Visconde – Ubaldino do Amaral e a Almirante Tamandaré – podem pegar desvios. Quem vem do Alto da XV, pode entrar diretamente na Marechal Deodoro rumo ao centro ou então pela Comendador Macedo até a Rua Tibagi, para aí voltar para a Visconde depois do trecho em obras ou seguir até a Av. Iguaçu ou a Sete de Setembro. Há também a opção de seguir pela Ubaldino e entrar diretamente na Presidente Affonso Camargo e depois na Av. Sete de Setembro, seguindo no sentido do Centro.


Já quem vem do Jardim Botânico, pela Omar Sabbag, a melhor dica é ir em direção ao centro pela Engenheiros Rebouças.


Horário

As obras são realizadas das 9h às 17h (de segunda a sexta) e das 8h às 13h (aos sábados), neste sábado de Carnaval até às 17 horas.


A obra de pavimentação da Avenida Visconde de Guarapuava se estenderá por 3.760 metros, no trecho entre as ruas General Carneiro e Cândido Xavier. A intervenção faz parte do novo ciclo de ações para a recuperação da malha viária de Curitiba.


Desde 2017, o programa de recuperação de vias já foi feito (ou está em andamento) em 307,7 quilômetros de ruas da capital.


Fonte: Banda B

https://www.bandab.com.br/cidades/obras-complicam-o-transito-na-visconde-de-guarapuava-saiba-quando-devem-acabar/

7 visualizações

© 2020 por Deputado Galo