• Deputado Galo

População vulnerável é imunizada contra covid-19 no Mesa Solidária


Foto: Divulgação

Ação conjunta de vários órgãos da Prefeitura garantiu, nesta terça-feira (29/6), a vacinação contra a covid-19 para pessoas em situação de rua que circulam pela região da Praça Tiradentes, no Centro. A vacinação ocorreu no novo espaço do Mesa Solidária, na Rua Barão do Serro Azul, 81 (fundos da Catedral), e continua, nesta quarta-feira (30/6), das 14h às 17h, antes do início da distribuição das refeições gratuitas no local, a partir das 18h.

Participam da ação integrada no Mesa Solidária as secretarias municipais da Saúde e de Segurança Alimentar e Nutricional e a Fundação de Ação Social (FAS).

Ao receber a vacina da Janssen (dose única) contra a covid-19, o desempregado Claiton Goulart, 38 anos, agradeceu à Prefeitura a chance de ficar imunizado.

"A gente precisa muito tomar a vacina", afirmou Claiton, que no fim do dia voltará ao Mesa Solidária para jantar. "Só aqui mesmo que eu vou comer bem, de graça e sem passar frio."

Sem trabalho há mais de um ano, Claiton vende panos de prato nos semáforos do Centro e, mesmo com as adversidades, não perde a esperança de uma vida melhor. "Tá difícil, mas não desisto. Quero encontrar um emprego. Enquanto isso, durmo no Centro POP (Plínio Tourinho) e quando ganho um dinheiro almoço no restaurante popular da Rui Barbosa, que é barato", salientou ele.


Elaine Marques, 36 anos, vive em situação de rua e não pensou duas vezes em se imunizar no Mesa Solidária após ser convidada pela equipe do Consultório na Rua da Secretaria Municipal da Saúde. "Conheci duas pessoas que morreram por causa da covid. A gente tem que se proteger", afirmou ela.


Inspirada no trabalho incansável do Consultário de Rua, unidade móvel da Prefeitura que percorreu o Centro sensibilizando a população em risco social sobre a importância da vacinação, Elaine vai tentar convencer outras pessoas que vivem em risco social a receber a vacina contra a covid-19. "Quanto mais gente tomar, menos gente vai ficar doente", reforçou.


Mobilização

A ação conjunta de vários órgãos do município no Mesa Solidária, até esta quarta-feira (30/6), faz parte do esforço da Prefeitura para reduzir o impacto da pandemia na população em vulnerabilidade da capital.

Desde o início de junho, 1.115 pessoas em situação de rua foram imunizadas pela Secretaria Municipal de Saúde em casas de passagem da FAS, nas unidades de instituições parceiras e em hotéis sociais administrados pela FAS e pela Secretaria Municipal de Defesa Social.

Além disso, desde o início da Ação Inverno da Prefeitura, em 15 de abril, foi intensificado o trabalho de acolhimento da população em situação de rua nos abrigos da FAS. Desde o início da pandemia na cidade, em março de 2020, a média diária de acolhimento nas unidades oficiais da Prefeitura tem sido de 800 pessoas, mas com a chegada do frio este número passa de 1.000.


Já o programa Mesa Solidária, uma ação conjunta da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar, FAS e entidades parceiras, distribuiu 350 mil refeições gratuitas para pessoas vulneráveis desde o início da pandemia. Neste mês, inclusive, o programa ganhou seu quarto ponto, o Mesa Solidária Luz dos Pinhais, onde foi feita a vacinação nesta terça-feira (29/6).


O programa conta ainda com três outros endereços: nos Restaurantes Populares da Rui Barbosa e Capanema, no Centro, e no Centro POP Plínio Tourinho, no Rebouças.


Nesta quarta-feira (30/6), a vacinação no Mesa Solidária próximo à Praça Tirandentes continua. Logo após, será servido um cardápio especial para o dia que ainda será de muito frio. Moradores de rua e desempregados poderão saborear dois pratos quentes: sopa e risoto.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/populacao-vulneravel-e-imunizada-contra-covid-19-no-mesa-solidaria/59558

0 visualização0 comentário