• Deputado Galo

Presidente da ACP implora contra novo lockdown em Curitiba: “Cinco mil empresas já fecharam”

Para Camilo Turmina, a Prefeitura de Curitiba precisa viabilizar alternativas que não levem ao fechamento total das atividades comerciais


(Foto: AEN)

O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Camila Turmina, desabafou em entrevista à Banda Bna manhã desta terça-feira (25), contra um possível novo lockdown em Curitiba. Ontem, à RPC TV, a secretária de Saúde, Márcia Huçulak, afirmou que a capital está perto de voltar à bandeira vermelha, com medidas de restrição contra a Covid-19 mais rígidas, como o fechamento dos comércio.

“Com um novo lockdown só vamos aumentar a quebradeira das empresas. Nós estimamos que cinco mil empresas já desapareceram em Curitiba neste um ano e meio de pandemia. Quem não fechou está atolado em empréstimos bancários, enquanto os consumidores consomem menos devido as incertezas. O lockdown de novo vai ser a decretação do fim de mais atividades”

Para o presidente da ACP, a Prefeitura de Curitiba precisa viabilizar alternativas que não levem ao fechamento total das atividades comerciais.

“Nós já fizemos a proposta de que se fizesse rodízio de atividades. Um dia abre um tipo de empresa e no outro dia outro. Ou então você abre as lojas do lado direito em um dia e do esquerdo no outro, podendo as fechadas atenderem via delivery. Assim, manteriamos a atividade econômica”

Por fim, Turmina implorou para que a Prefeitura de Curitiba não decrete a bandeira vermelha.

“Estou quase implorando para que a prefeitura olhe com carinho que lockdown não é caminho para evitar aglomeração, mas sim se deve parar o transporte público. É preciso fazer com que as pessoas usem bicicleta, carro ou até a pé, porque a superlotação está no transporte e é ali que o vírus circula”

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba confirmou, nesta segunda-feira, que a taxa de ocupação dos leitos de enfermarias SUS covid-19 está em 100%. O novo boletim ainda trouxe o registro de 898 novos casos de covid-19 e 21 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. São quase dez mil casos ativos na cidade.


Fonte: Banda B

https://www.bandab.com.br/cidades/presidente-da-acp-implora-contra-novo-lockdown-em-curitiba-cinco-mil-empresas-ja-fecharam/

3 visualizações0 comentário