• Deputado Galo

RADARES E URBS MERECEM UMA REFLEXÃO SEGUNDO O DEPUTADO GALO



A questão dos radares e dos cartões do transporte coletivo em Curitiba voltou a ser abordada na Assembleia Legislativa pelo deputado Galo que da tribuna da Casa nesta terça-feira ( 07 ) voltou a cobrar a prefeitura municipal e a URBS, ambas motivos de reclamações por parte dos usuários, seja na quantidade de multas aplicadas aos motoristas de Curitiba ou ao descaso com os trabalhadores e estudantes que utilizam diariamente o cartão transporte em nossa cidade.


Em relação aos radares, o deputado respondeu o questionamento de um motoristas que pergunta porque os radares em Curitiba tem apenas o objetivo de multar e não de educar, pois se houvesse uma mínima preocupação nesse sentido, não iria se ver radar móvel escondido atrás de árvores, manuseados por funcionários municipais e multando motoristas que não tinham visibilidade do equipamento e não puderam nem ver os radares.


Já em relação ao cartão transporte, o pedido do deputado é que a URBS reavalie a questão do período de validade do cartão, pois ao recarregar o mesmo com um certo número de passagens, o cidadão tem o direito de usar a carga total, independente do aumento da passagem e esse é um direito do consumidor que não pode ser tirado, e isso está acontecendo com o cancelamento de passagens restantes nos cartões após o recente aumento do preço das passagens.


Nos dois casos, o deputado Galo analisa que está havendo um claro e inexplicável prejuízo á população, seja com a implantação de radares que ficam escondidos distribuindo multas aos motoristas e também aos trabalhadores e estudantes que compram as passagens e carregam seus cartões e depois não podem utiliza-los em sua totalidade. Ele pede providências urgentes nos dois casos aos órgãos competentes.


Antônio Carlos Ribas

DRT - 0011938 PR

1 visualização0 comentário