• Deputado Galo

RETIRADA DE PORTAS GIRATÓRIAS CONTINUA GERANDO POLÊMICA



Os diretores do Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região Metropolitana, Cleverson Alexandre Anderson, Elizeu Ruivo da Silva e Deonísio Schmidt, estiveram na Assembleia Legislativa na tarde desta segunda-feira ( 25 ) conversando com o deputado Galo, e mais uma vez pedindo apoio no sentido de votar contrário ao PL 409/2021, que substitui a emenda 20.636 de autoria do deputado Romanelli e que determinava a retirada das portas giratórias de agências bancárias no estado do Paraná, e que será votada já nos próximos dias no plenário da ALEP.


Assim como outros parlamentares, o deputado Galo havia votado a favor da emenda mas acabou admitindo que se equivocou, e diante dos vários argumentos de setores ligados ao tema, mudou seu posicionamento e irá votar contrário ao projeto, pois ficou demonstrado pelo próprio sindicato da classe, o erro em retirar o equipamento que causará desemprego em massa dos vigilantes e aumentará em muito a sensação de insegurança e medo da violência que muitas pessoas sentem ao entrarem em uma agência bancária, e que conforme constatado em vários estudos, teve uma diminuição gigantesca a partir da introdução das portas giratórias no final dos anos 90. O deputado Galo inclusive usou recentemente a tribuna do Legislativo para falar sobre sua mudança de opinião.


Esses diretores, já estão há um bom tempo conversando pessoalmente com os deputados, inclusive o relator da matéria Paulo Litro, no sentido de mostrar que o projeto não pode vingar, e os prejuízos que uma aprovação do mesmo irá trazer, não para os bancos ou banqueiros, mas sim para os funcionários de todos os setores de uma agência e especialmente para a população que utiliza este serviço. Conforme o deputado Galo, um outro projeto ou a colocação de portas blindadas nas agências possa ser uma saída. De qualquer forma, o projeto deve ser apreciado já nos próximos dias na ALEP.




4 visualizações0 comentário