• Deputado Galo

Secretário diz que não pode estimar data de volta às aulas e reforça que professores são prioridade

O Governo do Paraná acredita que poderá dar início a vacinação dos profissionais da educação e da segurança pública entre o fim de abril e o início de maio


Foto: AEN

O secretário estadual de Educação, Renato Feder, disse nesta quarta-feira (31) que não é possível estimar uma data para o retorno presencial às aulas do Paraná. Em entrevista coletiva, ele explicou que as escolas estão prontas para o retorno, mas que o expressivo aumento de casos da Covid-19 impede um retorno seguro neste momento. O Governo do Paraná acredita que poderá dar início a vacinação dos profissionais da educação e da segurança pública entre o fim de abril e o início de maio.


Segundo Feder, a Secretária da Educação tem feito todo o esforço possível para permitir a retomada. “O Governo do Paraná quer abrir as escolas o mais cedo possível. Nós estávamos prontos para reabrir, mas com o aumento da pandemia, tivemos que recuar. Com as UTIs cheias e os recorrentes recordes de óbitos, não tem como abrir o dar uma previsão. A gente entende que a escola é importante, até mesmo pelo lado psicológico, mas o caminho é com vacina ou um eventual recuo nos números da pandemia”, disse o secretário.


Ele mesmo, porém, admite que pelo cronograma de vacinas, o recuo dos números não parece ser o caminho mais próximo. “Com a conclusão da vacinação de idosos com mais de 60 anos, vamos começar a imunização dos professores, então acredito que a partir daí será possível a retomada”, concluiu.

Suspensão

No Paraná, as aulas presenciais estão suspensas desde 20 de maio de 2020, mais de um ano. Em dezembro, o governador Ratinho Junior chegou a anunciar o retorno para 18 de fevereiro. Um novo adiamento foi feito para 1° de março, mas a chegada da cepa amazônica ao estado impediu a retomada.


Grupos favoráveis a volta às aulas têm realizado protestos pelo estado por entenderem que as crianças não são os principais fatores de transmissão do vírus.


Fonte: Banda B

https://www.bandab.com.br/cidades/secretario-diz-que-nao-pode-estimar-data-de-volta-as-aulas-e-reforca-que-professores-terao-prioridade-de-vacinacao/

0 visualização0 comentário