• Deputado Galo

Sem chover há duas semanas, Curitiba terá mais dias de estiagem pela frente


Foto: Pedro Ribas/SMCS

A notícia que vem do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) é boa para quem tá trocando o telhado de casa ou tinha muita roupa acumulada pra lavar. Não há previsão de chuva até pelo menos a próxima sexta-feira (8), já no mês de julho. Curitiba passa por um período de estiagem que já se aproxima de duas semanas.


O último registro de chuvas (quase insignificante, de 1,6 mm) foi no dia 17 deste mês. Pelo menos a região não corre nenhum tipo de risco de desabastecimento, já que o nível dos reservatórios que servem à Curitiba e região estão com 91,02% de sua capacidade.


O Simepar aponta a entrada de uma frente fria no Estado, mas ela não tem força suficiente para fazer chover, especialmente na Grande Curitiba. “No geral, ela traz aumento da nebulosidade e mudança na direção dos ventos, que trazem um ar menos aquecido”, informou o meteorologista Samuel Braun. A mínima prevista para Curitiba é de 13°C e a máxima de 22ºC. No litoral, as temperaturas variam de 17°C a 24°C.


A partir de amanhã (até sexta-feira) esfria um pouco mais justamente por causa desta frente fria que chega ao Paraná. “Por isso, não deve esquentar tanto durante o dia nesta quinta e sexta, e a noite resfria rapidamente”, informou o Simepar.


A partir da tarde um ar mais seco afasta gradualmente a nebulosidade e o sol aparece em boa parte das regiões paranaenses. Com o anoitecer, as temperaturas apresentam declínio acentuado, com valores mais baixos previstos para o sudoeste e o centro-sul (temperaturas mínimas do dia ocorrem neste período).


Quinta-feira de tempo estável sobre o Paraná. A incursão de um ar mais frio favorece um amanhecer gelado em todo o Estado. Menores valores previstos para as regiões sudoeste, centro-sul, Campos Gerais e RMC, com temperaturas abaixo dos 5°C em várias cidades (inclusive com geadas). Ao longo da manhã e tarde o sol predomina, contribuindo para elevação das temperaturas e diminuição dos índices de umidade relativa, que ficam mais baixos no interior paranaense.


Fonte: Tribuna do Paraná

https://tribunapr.uol.com.br/noticias/curitiba-regiao/sem-chover-ha-duas-semanas-curitiba-tera-mais-dias-de-estiagem-pela-frente/


0 visualização0 comentário